O que trata a Homeopatia

Temos excelentes resultados em patologias agudas, como do trato respiratório alto, nomeadamente, amigdalites, otites, bem como bronquiolites. As infeções do trato urinário, intestinal, digestivo, etc, onde a Homeopatia é muito rápida a atuar e melhora a condição de saúde do doente após cada doença. Estimula o sistema imunitário eficazmente prevenindo as recorrências habituais.

Nas patologias crónicas e recorrentes, onde em minha opinião a medicina química mais falha, a Homeopatia assume-se como a melhor alternativa.
Problemas do foro emocional / mental, hiperatividade, problemas de concentração, são também eficazmente tratados através da Homeopatia.

Saiba Mais

Como Funciona

O termo homeopatia, é oriundo do grego homoios, “semelhante”, e pathos “sofrimento, doença”, e designa o método terapêutico baseado na lei da cura pelos semelhantes: “similia similibus curantur“ Com base neste principio, na minha terapêutica, se tiver um paciente com determinados sintomas, como por exemplo, nariz congestionado durante a noite, a pingar ao acordar, e por conseguinte, com ataques de espirros, comichão no nariz e nos olhos, tudo pior no exterior, então terei que encontrar um medicamento que tenha provocado semelhantes sintomas numa pessoa sã durante a fase da experimentação. Portanto, terei que criar uma harmonia entre os sintomas do paciente e os sintomas do medicamento, isto é, os sintomasdo remédio certo terão que estar em harmonia com os sintomas e modalidades do paciente.

Numa linguagem simples, tomemos como exemplo os efeitos que o descascar uma cebola nos provoca, que são a coriza, o lacrimejar, etc. característicos duma constipação que se manifesta em algumas pessoas desta mesma forma, deverei prescrever neste exemplo Allium cepa (cebola – latim) que diluída e dinamizada, que ao ser tomado, harmonizará os sintomas apresentados pelo individuo até o total reequilibrio da saude.

A homeopatia é caracterizada por um sistema farmacêutico, científico e filosófico bem determinado, com uma metodologia de pesquisa própria. Atualmente existem cerca de 3000 remédios homeopáticos.

. Os remédios homeopáticos são regulados pelo Infarmed e fabricados sob rigorosos controlos de qualidade em farmácias de acordo com a legislação existente para o efeito.

Os medicamentos homeopáticos, são muito profundos a agir e têm potencial para combater tendências genéticas. Resolvem a causa fundamental da doença e, consequentemente, evitam eventuais tendências a recaídas e recorrência da doença.

Por último mas não menos importante, os medicamentos homeopáticos são absolutamente livres de quaisquer efeitos secundários, em oposição à maioria dos medicamentos convencionais.

Metodologia

A homeopatia é um método terapêutico criado pelo médico alemão Samuel Hahnemann, (1755-1843) que consiste na utilização, de acordo com a lei dos semelhantes, de remédios em doses infinitesimais obtidos por diluições e sucussões sucessivas, e capazes, em doses mais elevadas, de produzir num indivíduo saudável os sintomas da doença que se pretende combater, de modo a estimular a reação orgânica e vital na direção da cura.

Na homeopatia clássica abordamos o doente como pessoa no seu todo, elaborando um diagnóstico apoiado nos sinais físicos, psíquicos, mentais e sociais evidenciados pelo paciente, não a doença como sucede sob o ponto de vista da medicina alopática (medicina convencional que usa químicos como meio de tratamento). Esta é a grande vantagem deste sistema e que permite olhar a pessoa no seu todo. Assim quando trato um doente com sinusite cronica ou asmático, não trato a doença, mas sim o doente que tem a sinusite ou a asma. Isto porque cada individuo tem a sua especificidade sintomática. Este é o princípio que está subjacente a todas as prescrições homeopáticas e em todas as queixas que o doente apresente.

Homeopatia e seus princípios

A homeopatia é um método terapêutico criado pelo médico alemão Samuel Hahnemann, (1755-1843) que consiste na utilização, de acordo com a lei dos semelhantes, de remédios em doses infinitesimais obtidos por diluições e sucussões sucessivas, e capazes, em doses mais elevadas, de produzir num indivíduo saudável os sintomas da doença que se pretende combater, de modo a estimular a reação orgânica e vital na direção da cura.

Na homeopatia clássica abordamos o doente como pessoa no seu todo, elaborando um diagnóstico apoiado nos sinais físicos, psíquicos, mentais e sociais evidenciados pelo paciente, não a doença como sucede sob o ponto de vista da medicina alopática (medicina convencional que usa químicos como meio de tratamento). Esta é a grande vantagem deste sistema e que permite olhar a pessoa no seu todo. Assim quando trato um doente com sinusite cronica ou asmático, não trato a doença, mas sim o doente que tem a sinusite ou a asma. Isto porque cada individuo tem a sua especificidade sintomática. Este é o princípio que está subjacente a todas as prescrições homeopáticas e em todas as queixas que o doente apresente.

Aplicação Terapêutica

Homeopatia e o Desporto

eaceb281396da7551a63e9f2264ab732.jpg_srz_p_205_137_75_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srzOs medicamentos homeopáticos  são muito eficazes no processo que acelera a cura rapida das contusões, como também podem melhorar a saúde geral do indivíduo. Esse fortalecimento do corpo reduz a possibilidade de contusão e, o que é igualmente importante, melhora o funcionamento geral através da aceleração do processo de cura, quando os atletas ficam doentes.

O tratamento de contusões com a medicina homeopática é relativamente fácil. Embora a doença cronica exija uma rigorosa individualização do medicamento homeopático, os medicamentos que são eficazes no tratamento das contusões das pessoas são razoavelmente uniformes, pois o que uma pessoa precisa para curar uma contusão geralmente também é o que as outras precisam. A origem das doenças cronicas, por outro lado, varia tanto de pessoa para pessoa que se torna necessária uma consulta mais individualizada.

Um pouco mais sobre a saude Sénior

00fb686fa41f676a938dd5563eceadba.jpg_srz_p_276_272_75_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srzA Homeopatia nas pessoas séniores que segundo a OMS, sobrevem a partir dos 65 anos de idade. Nesta fase da vida verifica-se o abrandamento do seu metabolismo e a cronicidade das doenças.

A homeopatia é uma boa opção que permite reduzir as terapeuticas alopáticas e seus efeitos secundarios, aumentando o bem-estar, conforto e equilibrio psicologico..

Devemos ter sempre presente que em qualquer que seja a idade que se esteja, o normal é ter saúde.

Estudos observaram que cerca de 50% das pessoas idosas que atribuiam seus problemas de saude à idade, faleciam no prazo de 4 anos, contra 30% que atribuia a uma afecçao especifica e temporária

Problemas relacionados com dor provocada por reumatismo, rigidez articular, artrose, nevralgias, entre outras, são tratadas atraves da similitude dos sintomas com o medicamento homeopatico.

Os principais problemas:

– Perturbações da visão, auditivos, memória, cefaleias, disturbios do sono, Incontinência urinária;
– Instabilidade postural e quedas;
– Imobilidade;
– Alterações psicologicas, personalidade não constritivas;
– Sistema Nervoso Central – Demências
– Doenças neurológicas – Padrões de sono
– Delírium
– Depressões
– Aparelho Locomotor  -Limitações físicas -incapacitantes Artropatias Imobilidade Instabilidade postural / quedas;
– Reumatismos
– Sistema Cardiovascular Arteriosclerose Hipertensão Cardiopatias
– Sistema Respiratório Afecções pulmonares
– Sistema Urinário Incontinência Perturbações renais (prostata)

A atitude que podemos ter perante a vida é importante, na prevenção de doenças e as escolhas certas para restabelecer o equilibrio, são uma responsabilidade individual.

 A escolha é sua !!!!!

Um pouco mais sobre as emoções

b6a641ab2b77ed9a04d54923437a8dbc.jpg_srz_p_348_522_75_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srzOs indivíduos que apresentam uma quantidade anormalmente elevada de ansiedade muitas vezes sentem-se oprimidos, imobilizados e incapazes de realizar as tarefas mais simples.

 Na verdade, é mais frequente encontrar quem sofra de transtornos de ansiedade que qualquer outro tipo de doença psiquica.

Fobias; Panico; Transtorno Obsessivo/Compulsivo e Stress pós-traumatico.

CAUSAS
A maioria dos distúrbios de ansiedade não tem uma causa óbvia. Resultam de uma combinação de fatores biológicos, psicológicos e sociais.

O tratamento homeopático é a melhor opção a tomar.

A escolha da prescrição adequada aos sintomas manifestados pelo paciente que se assemelharão aos medicamentos em que se identificou a respectiva semelhança, permitirão o reequilibrio do individuo de modo eficaz e duradoro.

… e sobre Depressão

A Depressão encontra no tratamento homeopatico uma excelente resposta. Vivamente recomendado, especialmente se a pessoa não está sob medicação pesada durante muitos anos.

Um transtorno depressivo é uma doença que envolve o humor e afecta os pensamentos, os sentimentos o comportamento e bem-estar físico do ser humano.

As pessoas em estados depressivos podem sentir tristeza persistente.

A depressão não é uma falha de caracter ou um sinal de fraqueza pessoal. A pessoa que sofre não consegue sentir-se bem, apesar de lutar contra o seu mal-estar. Depressão afeta a maneira como uma pessoa come e dorme, a forma como se sente sobre si mesmo, e a forma como pensa os assuntos.

A depressão resulta duma complexa serie de factores, em parte por conhecidas alterações bioquímicas no cérebro, que são influenciadas e desenvolvidas por múltiplas causas, inclusive factores genéticos, fatores circunstanciais, fatores hormonais, etc . O aumento dos níveis de substâncias químicas cerebrais denominadas neurotransmissores, como a serotonina e noradrenalina são encontradas para melhorar o estado de depressão.

A depressão é muito mais comum do que acreditamos. No entanto, para obter números precisos em termos da sua prevalência é difícil, pois muitos deles passam despercebidos e sem tratamento. As mulheres são duas vezes mais afetadas que os homens com depressão.

Nem todas as pessoas que estão deprimidas sentem todos os sintomas enunciados abaixo. Algumas pessoas sentem alguns sintomas apenas, outros mais.

A  gravidade dos sintomas varia de acordo com os indivíduos e também varia ao longo do tempo.

Os sintomas mais comuns incluem:

Tristeza persistente e permanente por sentimento de “vazio” e crises de choro sem explicação;
Sentimentos de desesperança, pessimismo, sentimento de culpa, inutilidade;
Perda de interesse ou prazer em passatempos e atividades que eram anteriormente apreciadas, incluindo sexo, convivio social;
Perda de energia, letargia persistente;
Dificuldade de concentração, de memória, a tomada de decisões;
Insônia, despertar matinal precoce ou sonolência excessiva;
Perda de apetite e / ou perda de peso ou comer demais e ganho de peso;
Pensamentos de morte ou suicídio, tentativas de suicídio;
Inquietação, irritabilidade, raiva, agitação;
Sintomas físicos persistentes que não respondem ao tratamento, tais como dores de cabeça, distúrbios digestivos e dor crônica.

 A homeopatia oferece uma excelente resposta para todas as fases de depressão, especialmente nas fases iniciais.

Homeopatia pode cuidar de vários sintomas de depressão. Casos extremos de depressão ou  casos em que os pacientes tomam altas doses dos medicamentos convencionais por um longo tempo (dependência de drogas) é dificil o tratamento homeopatico, mas não é impossivel .

Por último mas não menos importante, os medicamentos homeopaticos são absolutamente livres de quaisquer efeitos secundários, em oposição à maioria dos medicamentos convencionais, como anti-depressivos e ansiolíticos..

As nossas preciosas crianças e a Homeopatia

ecd12a3aacf440938cf3345eae0d8ebd.jpg_srz_p_276_272_75_22_0.50_1.20_0.00_jpg_srzCada vez mais os pais, conscientes da eficácia e inoquidade da homeopatia em crianças e bebés, têm procurado a medicina homeopática como resposta aos problemas de saúde de seus filhos.

Esta crescente procura tem vindo a tornar-se relevante em diversas situações, entre elas encontram-se:

reequilibrio interno;
prevenção de doenças;
tratamento de alergias;
tratamento de doenças;
tratamento de fobias;
disturbios do comportamento;
…..etc….

Na consulta homeopatica à criança com doença crónica, são identificados os traços de caracter, separando os inatos dos adquiridos procurando encontrar o medicamento que seja o seu similllimum.

Nas patologias agudas a acção dos remédios bem escolhidos, será rápida e por vezes espetacular. Incluem-se neste quadro, a patologia respiratoria alta; – rinofaringites, laringites e otites, bem como a P.R baixa, com bronquites, bronquiolites e diversas pneumopatias.   Patologias que se encontram em crescimento, consequencia da exposição forçada das crianças em infantarios e creches, onde existe uma grande variedade de microbios e bacterias numa idade em que as crianças ainda não possuem o seu sistema imunitario desenvolvido o suficiente.

Homeopatia Clássica, Homeopatia Clássica oeiras, Homeopatia Clássica paço de arcos, consulta Homeopatia Clássica, Homeopatia , Homeopatia oeiras, Homeopatia paço de arcos, consulta Homeopatia ,

  • Paula da Palma Bôdas
    Paula da Palma Bôdas Homeopata / direção clinica

    Curso Superior de Homeopatia
    Mestrado em Homeopatia Classica – British Institute
    Mestrado Homeopatia Sensação – Other Song Academy – India
    Terapeuta Reiki e de Cura Pranica
    Terapeuta PNIT – Psiconeuroimunoterapia
    Facilitadora Cura Reconetiva e Reconexão
    logoPNIT